A Chave Para o Domínio Próprio. (Domínio Próprio Parte VIII)

April 19, 2010 at 4:47 pm Leave a comment

Com base no que falamos no último post, como o evangelho da graça nos dá uma nova motivação para a santidade, uma que não é baseada no medo e ainda assim nos confronta e é muito eficaz?

Em primeiro lugar, o evangelho nos dá uma nova razão para obedecer a Deus – a alegria de ser grato. O evangelho elimina o temor de que nós podemos ser condenados (Rm 8:1), mas também nos mostra o porque – o infinito amor sacrificial de Jesus. Isso nos atrai para Deus da maneira mais positiva possível.  Agora queremos obedecer a Deus, por razões relacionais e desprovidas de egoísmo. Queremos agradá-lo e dar-lhe prazer por Ele e não por nossa causa. Além disso, queremos obedecer a Deus a fim de conhecê-lo mais, de nos relacionarmos com Ele de maneira mais íntima e de refletirmos sua imagem aos homens.

Atração positiva é sempre uma motivação mais duradoura e profunda do que o medo e a insegurança. Debaixo do medo você irá apenas fazer o seu dever mínimo, e apenas quando aquele de quem você tem medo estiver assistindo. Assim, a alegria do evangelho é uma motivação mais forte para a domínio próprio do que a motivação do medo.

Em segundo lugar, o evangelho elimina as “razões raízes” dos “pecados raízes”, que estão por traz dos nosso problemas com domínio próprio. Por exemplo: Imagine que você tem um emprego de grande importância, e você trabalha muito neste seu emprego, mas você não consegue administrar a pressão. Daí você começa a usar drogas para te ajudar a suportar a pressão. Você começa a usar certos tipos de pílulas para dormir, relaxar etc. De repente você se encontra viciado em drogas.

O que você deve fazer neste caso? Naturalmente, você deve fazer um tratamento de desintoxicação. Você deverá admitir o seu vício, sair do auto-engano e seguir en frente. Mas se for só isso o que você fizer, ainda lhe restará  um problema fundamental.

Por que você aceitou um trabalho com tamanha pressão? Ou por que você colocou tanta pressão sobre si mesmo por causa do seu trabalho? Este é só um exemplo, mas quem sabe você anda pressionado, ansioso, sem paz e alegria por outros motivos. Como família, dinheiro, filhos, ministério, medo do futuro, etc. O motivo disto talvez seja que você esteja buscando nestas coisas e em suas realizações pessoais o significado e valor que só Deus pode dar a você.

Se relacionar com Deus por causa do medo da rejeição, significa que você acredita em Deus, mas Ele ainda não é  uma fonte de amor ou de significado para você. O amor de Deus ainda não é a grande maravilha da sua vida. Sua paixão não é refletir a imagem dEle, ou conhecê-lo, ou ter prazer naquele que perdeu tudo por você.

Uma relação baseada no medo de Deus deixa você ainda mais vazio de honra e valor. Daí você você irá buscar isto em outras coisas a fim de preencher essa necessidade. Ao longo do caminho você vai cair em vários problemas com domínio próprio, pois você desesperadamente tenta provar a si mesmo. Mas a graça de Deus vem e “argumenta” com você. “Você não precisa disso! Você não precisa disso! Não quando você tem Jesus! “

A continuar…..

Pr. Rodrigo DeOliveira.

Entry filed under: Uncategorized. Tags: .

“Pare de chorar! Você está agindo como uma menina.” (Domínio Próprio Parte VII) O poder do Evangelho de derreter e conciliar. (Domínio Próprio Parte Final)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Moriá Jovem on Facebook

Moriá Jovem's Facebook profile

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Join 55 other followers


%d bloggers like this: